domingo, 7 de novembro de 2010

Eros

s u l p a l u s p a p a l s u p a s u l p a s l u l u p a s o
p u s l a p a l u s s u p a l s a p u l p u s a l s l a p u o
l a p s u s l u p a p l a s u p l u s a p s a l u p s u l a o
s p a l u s p u l a s a l p u p u l s a p u l s a p u l s a o

s u l p a
l u s p a
p a l s u
p a s u l
p a s l u
l u p a s
p u s l a
p a l u s
s u p a l
s a p u l
p u s a l
s l a p u
l a p s u
s l u p a
p l a s u
p l u s a
p s a l u
p s u l a
s p a l u
s p u l a
s a l p u


No final das contas, as coisas são exatamente iguais, só muda a posição.





Nenhum comentário:

Postar um comentário