segunda-feira, 10 de maio de 2010

Felicidade lisérgica


“O Gato apenas sorriu quando viu Alice. Parecia de boa índole, ela pensou, mas não deixava de ter garras muito longas e um número respeitável de dentes, por isso ela sentiu que deveria ser tratado com respeito”



Felicidade s.f. 1. Estado de quem é feliz; perfeita satisfação interior; aventura, contentamento. 2. Circunstância favorável; boa sorte, bom êxito, bom sucesso, boa fortuna.

Felicidade do latim felix (genitivo felicis) quer dizer - originalmente - "fértil", "frutuoso", "fecundo"

Aquela felicidade está sempre atrelada à inquietude. Toda essa lisergia transborda, vaza por movimentos absurdos e hipnotizantes. Não se entende muito bem a origem nem a finalidade de todas aquelas expressões.
Confesso que é possível sentir medo em meio a toda confusão de pernas, braços, cintura e pescoço.

Tudo vira uma coisa só e se transforma em um bilhão de coisas diferentes.

olho direito está para a esquerda
olho esquerdo está para a direita
não há nariz
sorriso respeitável
perna direita longa demais
perna esquerda nua demais
não há braços
cintura frenética
lábios cardíacos
pés, cabelo e coração também não há

Há somente duas cores que se dissolvem numa malevolência mais do que satânica, alimentada pelo gim, assumindo o controle de cada fibra do seu corpo.

Cinco segundos eternos.

HORROR, DESLUMBRE, PAIXÃO.
...
*imagem por PC Siqueira

10 comentários:

  1. Olha colocou até o credito da imagem! muito bem =)

    ResponderExcluir
  2. Incrível como as pessoas levam tudo pro lado sexual! Minha intenção nunca foi essa, apenas escrevi sobre certas coisas que VI esses dias.
    Mas a linguagem é assim mesmo...cada um entende de uma forma.

    ResponderExcluir
  3. Não se preocupe com a interpretação de cada um, pois uma pessoa que só pensa em sexo não consegue interpretar nada sem pensar em pau e bunda.

    ResponderExcluir
  4. Depois que se escreve algo, aquilo vira terra de ninguém.

    ResponderExcluir
  5. Justamente minha amiga (Terra de ninguém meeesmo)
    E como sabemos os níveis de leitura são díspares não é?!?
    Então, tive a sensação de estar parada, olhando uma escultura, observando apenas... Adorei, a imagem ainda ajuda a ter essa clareza!

    ResponderExcluir
  6. Eu consigo, perfeitamente, me esconder aqui.

    ResponderExcluir
  7. Gosto desse seu desespero, elegante e perfumado, espero q não se importe q use de vez em quando como alimento em alguns desses dias em q a sede me ronda os dedos... Continue escrevendo, por favor... Abraços RAMIERE

    ResponderExcluir